Simbolismo dos graus crípticos : o grau de Mestre Real
Dezembro 18, 2016
a Maçonaria do Rito de York
Dezembro 26, 2016

Simbolismo dos graus crípticos : o grau de Mestre Escolhido

o simbolismo dos graus crípticos: o grau de Mestre Escolhido

Este grau começa com Zabud, amigo do rei Salomão, a pedir clemência. Para a maioria dos Companheiros, Zabud é apenas mais um personagem caricato do passado. No entanto, uma leitura dos textos da Sagrada Escritura revela que ele foi verdadeiramente um amigo e companheiro do rei Salomão.
Zabud, era filho de Nathan, o Profeta, que era o principal conselheiro do rei David. Foi através da estratégia de David, Nathan e Bath-Sheba que Salomão chegou ao trono de Israel, quando o herdeiro natural do trono deveria ter sido Adonias. Zabud devia ter a mesma idade de Salomão e, provavelmente frequentado a Corte, onde adquiriu a amizade e notícia favorável de Salomão, tornando-se mais tarde um “amigo particular e favorito” do rei Salomão.
O Mestre Delegado refere na abertura dos trabalhos o número 27, número que é também mencionado na cerimónia de encerramento. Alguns autores acreditam que os 27 membros não passam de uma invenção, ou que era um número obtido através da soma de um elemento de cada uma das doze tribos de Israel, os três operários que descobriram o triângulo escondido por Enoque antes do dilúvio, os nove Mestres dos Arcos, um dos quais Ahishar, e os nossos três Grão Mestres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *